Atendimento via TeleMedicina

Sabemos o quanto é difícil conviver com a angústia e preocupações referentes a uma suspeita ou ao diagnóstico de Câncer de Mama.

Para ajudar a reduzir estas preocupações e colocar um norte nas estratégias de diagnóstico e tratamento já estamos realizando consultas por Telemedicina em mastologia e oncomastologia (recentemente liberada em nosso país) para as orientações iniciais, esclarecimentos de dúvidas e solicitação de exames para adiantar todo o processo. As orientações sobre o tratamento efetivo serão realizadas subsequentemente de forma presencial o exame clínico e para a avaliação global, personalizada e integral do seu caso.

Caso ache melhor, esta primeira consulta poderá também ser realizada de forma presencial.

Da mesma forma, pacientes em controle oncológico poderão ter suas consultas realizadas por esta nova opção com a checagem dos exames de controle e, tão logo possível, retornar para a avaliação presencial.

Estamos disponíveis para melhor lhe atender.

Telemedicina vantagens e desvantagens

O que é telemedicina?

A telemedicina corresponde a uma modalidade de atendimento não presencial. Pode ser realizada de diversas formas, seja através de plataformas convencionais (como WhatsApp) ou plataformas específicas de telemedicina podendo conectar o médico e o paciente por áudio ou por áudio e vídeo.

Onde a telemedicina é utilizada?

A telemedicina já é bastante utilizada em vários países como Israel, Alemanha, Inglaterra, Estados Unidos e Canadá.

Com a pandemia do Coronavírus o uso da telemedicina se tornou global

Quais as regulamentações?

Saiba Mais

Telemedicina e Mastologia

TeleMedicina e Mastologia

Sabemos o quanto é difícil conviver com a angústia e preocupações referentes a uma suspeita ou ao diagnóstico de Câncer de Mama no cenário do COVID e estratégias de distanciamento social.

Exemplos de uso da Telemedicina

Casos da primeira consulta por telemedicina

Casos da primeira consulta com exame físico presencial

Pacientes em controle oncológico tardio e de grupo de risco para a COVID-19

Saiba Mais

Telemedicina – Segunda Opinião

Telemedicina – Segunda Opinião

As doenças das mamas, quer sejam elas benignas ou malignas, podem ser complicadas para diagnosticar e gerenciar.

Uma segunda opinião pode ser necessária por vários motivos.

Para alguns pacientes, o objetivo de buscar uma segunda opinião é confirmar o plano de diagnóstico e manejo já proposto. A avaliação médica por um segundo especialista pode ajudar as mulheres a se sentirem mais confiantes sobre o gerenciamento do tratamento planejado.

Para outras mulheres, o objetivo de obter uma segunda opinião é ouvir outro ponto de vista ou buscar novas alternativas na perspectiva de um tratamento mais personalizado.

Saiba Mais

Telemedicina – Segunda Opinião e Consultoria para Médicos

Telemedicina – Segunda Opinião e Consultoria para Médicos (Doctor to Doctor) 

As doenças das mamas, quer sejam elas benignas ou malignas, podem ser também um desafio para o médico.

Muitas fezes é necessário discutir um caso complexo com outros colegas para a melhor tomada de decisão e para um tratamento mais moderno.

Oferecemos consultoria e treinamento para médicos no nosso programa “Doctor to Doctor” nas áreas de oncologia cirúrgica mamária, cirurgia oncoplástica e reconstrução de mama.

Realizamos também mentoria nas áreas supracitadas, marcação mamária e axilar no cenário de quimioterapia neoadjuvante, estadiamento de acordo às novas normas do TNM 8a. edição e mentoria nos casos de Radioterapia Intraoperatória da Mama (IORT).

Saiba Mais

Telemedicina: Como se preparar para uma consulta online

Telemedicina: se preparando para uma consulta online

Quando alguém vai ao médico ela se organiza para ir na consulta. Com a telemedicina não é diferente.

Se preparando para a consulta:

  • Organize com antecedência seus exames digitais como mamografia, ultrassonografia ou ressonância magnética (ou login e senha do laboratório) e envie previamente para o seu médico 
  • Faça um levantamento de exames prévio como mamografias antigas e principalmente biópsias e laudos de cirurgias
  • Se já fez algum tratamento oncológico é fundamental a biópsia/laudo anatomopatológico 
  • Veja demais orientações clicando no botão abaixo 
Saiba Mais

Prevenção começa com informação.

Agende sua consulta