Reflexões de um médico sobre o funcionamento do sistema de saúde e o cuidado com os pacientes durante e após a pandemia COVID-19: A era do cuidado ultrapersonalizado.

Reflexões de um médico sobre o funcionamento do sistema de saúde e o cuidado com os pacientes durante e após a pandemia COVID-19:

A era do cuidado ultrapersonalizado.

Reflexões de um médico sobre o funcionamento do sistema de saúde e o cuidado com os pacientes durante e após a pandemia COVID-19: A era do cuidado ultrapersonalizado.

Vários outros problemas de saúde continuam a acontecer durante a pandemia da COVID-19, principalmente as doenças cardiovasculares (infarto, derrame/AVC) e as doenças oncológicas que são importantes causas de morte.

É previsto para os próximos meses uma nova onda de problemas de saúde decorrentes das doenças cardiovasculares e oncológicas não diagnosticadas e não tratadas em momento oportuno.

Neste sentido, mais do que nunca precisamos aplicar uma medicina ultrapersonalizada, na perspectiva de entender individualmente quais pacientes se beneficiam de ter seu tratamento realizado neste momento e de quais pacientes poderiam ter seu tratamento postergado ou com a estratégia modificada (como começar o tratamento com medicamentos antes de cirurgias) mediante discussão multidisciplinar nas mais diversas áreas da medicina.

A epidemia levou a necessidade de uma grande adaptação do sistema de saúde em todo o mundo com uma crescente utilização da telemedicina. Historicamente, a telemedicina já está em uso desde a época das grandes guerras mundiais para levar assistência médica especializada aos campos de batalhas e tem se desenvolvido muito ao longo das últimas décadas aproximando ainda mais os pacientes e os médicos através de aplicativos de comunicação instantânea (como WhatsApp e demais aplicativos do gênero), e agora de uma forma mais organizada e segura para todos.

Vivemos em um tempo de grandes desafios no sistema de saúde para gerenciarmos os recursos materiais, recursos humanos e fundamentalmente, gerenciar os problemas de saúde na perspectiva de evitar que outras doenças reduzam a nossa qualidade de vida…  A COVID-19 será (e já é) uma nova doença que teremos de conviver e nos precaver por longo período de tempo até termos uma vacina eficaz. As medidas de isolamento social em um determinado momento irão ser flexibilizada gradativamente (e de forma técnica e não política), mas a doença COVID-19 irá continuar existindo… passado a integrar o Grande Livro da Medicina como as doenças que acometeram a humanidade ao longo de séculos…

Se você está com algum sintoma diferente, não deixe de buscar auxílio médico, quer seja presencial ou por telemedicina para já ter uma orientação inicial e dar início na realização de exames de imagem e já ter a consulta presencial agendada e otimizada reduzindo ao máximo possível o risco de exposição ao coronavírus.

Nada será como antes… teremos um novo normal…

Essa será a nova Arte da Medicina… cuidar dos pacientes (e de nós mesmos)…, em um cenário de várias doenças que já conhecíamos (mas que estamos em constate aprendizado como as doenças oncológicas que é a área que eu milito diretamente) e de uma nova e grave doença chamada COVID-19 que afetou todo o planeta simultaneamente e escreve uma novo capítulo na  história da espécie humana…

Autor: Wesley Pereira Andrade | Médico

Gostou da matéria? Visite nossa página no FacebookInstagram e em nosso Site e confira todas as nossas postagens.

Compartilhe essa publicação: