A radioterapia também é uma das modalidades de tratamento adjuvante (adicional) ao tratamento principal do câncer de mama que é a cirurgia. O tratamento adjuvante visa eliminar alguma célula tumoral que, eventualmente, possa ter ficado na área da cirurgia além da área da ressecção cirúrgica. 

  • Tratamento adjuvante é um tipo de tratamento para o câncer realizado em adição à terapia primária, principal ou inicial. Um exemplo de terapia adjuvante é o tratamento adicional geralmente empregado após a cirurgia, na qual todas as doenças detectáveis devem ter sido removidas, mas podendo permanecer um risco estatístico de recidiva, devido a lesões ocultas. 
  • Tipos de tratamento adjuvante:
    • Hormonioterapia, 
    • Quimioterapia, 
    • Radioterapia 
    • Terapia-alvo

A radioterapia é um tratamento no qual se utilizam radiações ionizantes, que são um tipo especial de energia para destruir células tumorais microscópicas que podem ter ficado após a cirurgia oncológica. Consiste em uma forma de potencializar na ação da cirurgia.

A radioterapia no cenário de câncer de mama se aplica, genericamente, para os casos de:

  • Cirurgia conservadora (quadrantectcomia)
  • Tumores com mais de 5 centímetro
  • Tumores com espalhamento para os gânglios da axila

Na maioria dos casos a radioterapia é administrada em doses diárias, cinco vezes por semana (em dias úteis) , com duração de aproximadamente 20 minutos para cada dose. O número total de aplicações dependerá de vários fatores como tipo de cirurgia, agressividade do tumor, presença de gânglios comprometidos. Em geral, as pacientes receberão de 15 a 25 aplicações.